Publicações

Amiga (o) de caminhada, Não confundas autonomia com recursos oferecidos a ti pela divina providência. Autonomia é estágio de um processo deflaglado por ti mesmo(a). Em verdade, um efeito de tua perseverança na longa e exaustiva viagem da interiorizaçao. Pede a DEUS para dilatar teu dicernimento a fim de usá-la afinada com os propósitos do bem, entretanto, felicita a ti mesmo(a) lográ-la,porque é conquista individual,inalienável e intransferível. De nossa parte, se algo fizemos para chegares até este ponto evolutivo,foi, tao somente, lembrar-te sempre que todos merecemos se felizes.
Ocorreu um erro neste gadget

Bondade para com todos

Bondade para com todos

extraído do livro "Lindos casos vol.2" de Ramiro Gama - Edição NG-Lake

Vários materialistas chegaram a Pedro Leopoldo, para assistir à sessão pública do "LUIZ GONZAGA", numa noite de sexta-feira.
E, desrespeitosos, começaram por dizer que não acreditavam na Doutrina do Espiritismo e que a mediunidade era pura mistificação quando não fosse simplesmente loucura...
Ainda assim, queriam ver os trabalhos do Chico.
O Médium, em concentração, perguntou a Emmanuel:
- O senhor não julga melhor convidarmos esses homens à retirada? Afinal de contas, não admitem nem mesmo a existência de Deus...
- Não pense nisso, - exclamou o orientador - são nossos irmãos. Precisamos recebê-los com bondade e ser-lhes úteis, tanto quanto nos seja possível.
- Mas, - ponderou o Chico - Jesus recomendou-nos não atirar pérolas aos porcos.
- Sim - disse Emmanuel com serenidade e compreensão - o Mestre determinou, não atiremos pérolas aos porcos, todavia não nos proibiu de oferecer-lhes a alimentação compatível com as necessidades que lhes são próprias... Procuremos ajudar a todos e o Senhor fará por nós todos o que seja acertado e justo.
E o Médium, emocionado, guardou a formosa lição.


Na defesa do verme


Na defesa do verme
extraído do livro "Lindos casos vol.2" de Ramiro Gama - Editora NG-Lake
Um confrade entusiasta elogiava o Chico à queima-roupa, ao fim de movimentada sessão pública, e o Médium desapontado, exclamou:
- Não me elogie desta maneira. Isso é desconcertante. Não passo de um verme neste mundo.
Emmanuel, junto dele, ouvindo a afirmação, falou-lhe paternal.
- O verme é um excelente funcionário da Lei, preparando o êxito da sementeira pelo trabalho constante no solo e funciona, ativo, na transmutação dos detritos da terra, com extrema fidelidade ao papel de humilde e valioso servidor da natureza... Não insulte o verme pois, comparando-se a ele, porquanto muito nos cabe ainda aprender para sermos fiéis a Deus, na posição evolutiva que já conseguimos alcançar...
O Médium transmitiu aos circunstantes o ensinamento que recebeu, ensinamento esse que tem sido igualmente assunto de interesse em nossas meditações.

Se meu coração...

"Se meu coração pudesse conversar comigo talvez fosse meu melhor conselheiro, acredito que seja o único capaz de compreender com toda profundidade, o certo e o errado, e se pudesse me falar talvez ele ajudasse a me encontrar nesses mergulhos que meus pensamentos me levam, sem momento certo, sem hora marcada."L~^ღ

L~^


Hoje, quero compartilhar um tombo. Ahhhh, eu e meus tombos...Lembro-me do último ao pé do pão de açúcar, em boas companhias e com dois carros estacionados que conseguiram amortecer minha queda. Assistir 1,71 elevado ao SALTO, se esborrachando no chão deve ser um ótimo estímulo para liberação da serotonina...Mas caindo, temos de nos levantar, querendo ou não,temos de nos levantar. E quanto mais caímos, quanto mais nos levantamos, essa é a lógica. Mas em todas as quedas existem os aprendizados, vejamos meu exemplo que, ao longo do meu desenvolvimento caí inumeras vezes, sempre me levantando, a diferença consiste no Know-how adquirido, hoje eu me levanto tão rápido quanto caio, é a evolução natural, como a própria evolução da nossa vida. Ontem foi meu último tombo, ou seja, foi uma queda espetacular. Não havia nada ao meu redor para que pudesse me apoiar, como no caso de cima. E ainda assim, sem nenhum apoio, a queda foi maravilhosa, meus cd's se desmembraram de sua proteção, as próprias proteções se desmembraram, transformando-se desta forma em várias peças que me levou a recolher uma por uma mais rápido que podia, pois estava a caminho de uma pizza, e esse era o meu maior objetivo, degustar uma deliciosa pizza. Mas recolhendo meus pertences e ouvindo uma vozinha comovida e chorona chamando"mamãããããããe", fui amparada por um amigo anônimo que imediatamente pegou meu livrinho, que tinha voado para longe, ajudou-me a levantar, passando o para minhas mãos,coincidências a parte o título do livro é: "Levanta-te e Anda" de Cenyra Pinto...Minha felicidade era tamanha pois naquele momento parecia que nada me abatia, nem a dor no joelho nem a torção do tornozelo...O universo trabalhava a meu favor...
-Essa é uma passagem da minha vida, muito fresca, aconteceu ontem...Mas na verdade podemos trazer para o nosso o dia-dia. Cada vez que vc se sentir caído, desanimado, desamparado. Lembre-se desse ocorrido. Seja rápido e reaja, não deixe que nada venha abater vc e sua vida. Levanta-te quantas vezes forem precisa, e cada vez que tu te levantares, mais fortalecidos estarás...Lembre-se também do amparo, embora ao cair estivesse sem apoio para me segurar, fui amparada ao me levantar, e tu estás amparado o tempo todo. Lembrem-se disso levanta-te e anda, levanta-te e segue...Nunca desanimes, mesmo,nos momentos em que se sentires mais abandonado e só, sempre haverá uma mão caridosa,um ombro amigo e um colo acolhedor a te amparar...Fiquem com Deus e que ele os abençoe sempre.

Com Amor,
Lorena Mossa
L~^


E Depois?

L~^
"A verdade é uma só: Não há preço que pague uma boa dormida. Nada paga, a cabeça no travesseiro tranqüila, tranqüilidade de se ver livre de qualquer peso, e ou qualquer sentimento que tenha o próximo recebido erroneamente. Então é continuar dormindo e sonhando tranqüilamente com a certeza do sentimento puro e uma oportunidade de diálogo."L~^

O ser humano é o único dotado de razão, por isso é chamado de racional.

Ser racional é raciocinar com sabedoria, é saber discernir, é pensar, utilizando o bom senso e a lógica antes de qualquer atitude.

Todavia, boa parte de nós não agimos com a sabedoria necessária para evitar problemas e dissabores perfeitamente evitáveis.

Costumeiramente, agimos antes e pensamos depois, tardiamente, quando percebemos que os resultados da nossa ação nos infelicita.

Paulo, o Apóstolo, que tinha a lucidez da razão, adverte com sabedoria: "tudo me é lícito, mas nem tudo me convém".

Quis dizer com isso que tudo nos é permitido, mas que a razão nos deve orientar de que nem tudo nos convém.

Do ponto de vista físico, quando comemos ou bebemos algo que nos faz mal, não pensamos no depois, mas o depois é fatal.

Se nosso organismo é frágil a certos tipos de alimento, devemos pensar nas conseqüências antes de ingeri-los, mesmo que a nossa vontade diga o contrário.

Perguntemo-nos: e depois? Como será depois?

Lembremos da gaseificação, do mal estar e de outros distúrbios que advirão.

Se temos vontade de fazer uso de drogas, sejam elas socialmente aceitas ou não, pensemos antes no depois. Será que suportarei corajosamente as enfermidades decorrentes desses vícios? Ou será um preço muito alto por alguns momentos de satisfação?

Quando sentimos vontade de usar o cartão de crédito, pela facilidade que ele oferece, costumamos pensar no depois? Pensar em como vamos pagar a conta?

Quando recebemos o convite das propagandas para o consumo desenfreado, ponderamos racionalmente sobre a necessidade da aquisição, ou compramos antes para constatar, logo mais, que não necessitamos daquele objeto?

No campo da moral não é diferente.

Quando surgir a vontade de gozar alguns momentos de prazer, pensemos: e depois?

Quais serão as conseqüências desse ato que desejo realizar? Será que as suportarei corajosamente, sem reclamar de Deus nem jogar a responsabilidade sobre os outros?

Certo dia, conversando com um fiscal aposentado, ouvimo-lo falar a respeito do vazio que sentia na intimidade e da consciência marcada pelos atos inconseqüentes que praticara durante a vida.

Buscou, na atividade profissional, tirar proveito de todas as situações. Arranjava tudo com algum "jeitinho" e com muita propina, mas nunca havia pensado no depois.

...E o depois chegou. A velhice o alcançou como alcança as pessoas honestas, mas a sua consciência trazia um peso descomunal, e uma sensação desconfortável lhe invadia a alma.

Não conseguia olhar nos olhos dos filhos e netos, sem pensar no quanto havia sido inescrupuloso. Sem pensar no tipo de sociedade que havia construído para legar aos seus afetos.

Dessa forma, antes de tomar qualquer atitude, questionemos a nós mesmos: e depois?

..............................................

Melhor que resistamos por um momento e tenhamos paz interior, do que gozar um minuto e ter o resto da vida para se arrepender.
Equipe de Redação do Momento Espírita.


Elos do amor


Sei que algumas pessoas que se sentiram atraídas pelo título que estou dando ao artigo estão esperando ler coisas românticas, algo como encontro de almas, amores eternos e trocas de juras de fidelidade no amor. Porém, o que me proponho escrever é sobre o verdadeiro elo do amor que não está apenas restrito ao companheirismo amoroso, nem muito menos aos encontros românticos que com sorte experimentamos alguma vez nessa vida. Na função de terapeuta de vidas passadas recebo muita gente querendo explicações para os fatos difíceis que enfrentam nesta vida. Parece que não dar certo no amor, não encontrar um companheiro só pode ser o fruto de ações muito negativas no passado e por conta disso recebo muita gente querendo hoje limpar os nós cármicos desses desencontros. Porém, poucos se abrem para a real percepção do que é realmente o amor, poucos abrem de fato o coração para perceber que o tempo todo podemos atuar como elos amorosos em nossas vidas. Quantas e quantas vezes atendi pessoas que se sentiam vítimas do destino e de situações aparentemente incuráveis em suas vidas, pois, meu querido amigo leitor, posso afirmar que nem só de doenças ficamos debilitados. Muitas vezes continuamos com os nossos corpos vivos, gozando de relativa saúde, mas estamos mortos em nossos corações quando nos fechamos para a vida e não nos permitimos nem sequer respirar os ares do amor. Romantizamos tanto nossa vida que passamos 24 horas do nosso dia imaginando como a vida poderia ser e não nos atentamos vivê-la como ela de fato é. De forma equivocada colocamos toda a nossa energia em relacionamentos cármicos que têm tempo e hora para fecharem os ciclos. Aprendi, com os mestres, que os únicos elos reais são de fato os do amor e que esses podem nascer e devem ser cultivados primeiramente dentro de nós. Um profundo compromisso interior que nada tem em comum com egoísmo. Como esses professores espirituais ensinam temos que aprender o verdadeiro dom da amizade que é ouvir, tolerar e suportar aqueles que estão bem próximos de nós, a começar por nós mesmos, porque se não formos amorosos, pacientes, tranqüilos e otimistas para conosco mesmos, como poderemos ser com mais alguém? Soube recentemente de uma história que ilustra muito bem a mensagem deste artigo: elos sagrados do amor e que aqui compartilho com você: Uma moça que trabalha com a cura espiritual, neste ano que passou, reuniu num ritual íntimo algumas pessoas muito queridas para reavivar compromissos sagrados de amizade, trabalho e amor. Na ocasião, todos vestidos com roupas brancas, sentados em círculo junto à oferenda de flores, velas e incensos confirmaram seus votos de se manterem unidos pelo único elo verdadeiro: o elo do amor. Porém, depois de dois meses, o grupo, que atuava junto há alguns anos, se desfez de uma forma inesperada. A moça, muito triste, veio me procurar para ajudá-la a entender o que tinha de fato acontecido. Vimos que numa vida passada ela tinha sido a chefe desse grupo de sacerdotisas e que, de fato, tinha um forte compromisso com essas pessoas que estavam à sua volta, compromisso esse ao qual ela permaneceu fiel até o final. Conversando com a moça, que derramava lágrimas sofridas na minha frente, fui explicando que o seu ritual tinha sido atendido. Expliquei que orações, meditações e visualizações atuam fortemente no plano sutil e que depois se concretizam na matéria. E lhe perguntei: “Você não pediu que permanecessem apenas os sagrados elos do amor”? “Sim”, disse ela com o semblante mais esperançoso. Pois bem, quando não existem os sagrados elos do amor e também não existe mais o aprendizado cármico, o ciclo se fecha e as pessoas são libertadas no plano espiritual. Expliquei para aquela moça que o seu tempo ao lado daquelas pessoas tinha terminado e que agora o que deveria ser feito era seguir em frente se abrindo com coragem para novos encontros e para a criação de novos elos, agora com as bênçãos de Deus: elos sagrados do amor. Querido amigo leitor, se você se identificou com esta história, se concluiu algum relacionamento e está triste por isso, por atitudes inexplicáveis de alguém que até então você amou e respeitou, acalme seu coração. Reflita com coragem e analise se, de fato, esses elos eram de amor. Porque, como ensinam os mestres, amor é troca, é solidariedade, amizade e amparo mútuo. Paixão é paixão, competição é competição, sexo é sexo, carência apenas carência. Nada disso constrói relacionamentos, nem edifica amizades ou companheirismo. É claro que nem todas nossas histórias são perfeitas e que, às vezes, sentimentos mais nobres se mesclam com atitudes meio egoístas, porém, se o que restar for amor os elos serão mantidos e, se não for, melhor mesmo é libertar-se, não é? por Maria Silvia Orlovas

MAR DA VIDA


"Partindo da perspectiva maior do espírito, a vida se mostra como uma cena representando a forma e a substância da existência na Terra como se fosse um mar, um oceano, no qual cada vida humana é um barco. Freqüentemente esta analogia é experimentada nos sonhos. Este mar da vida apresenta vários aspectos: pode ser tempestuoso, com o céu cinza, e em seguida o sol volta a brilhar e o mar fica calmo até a próxima tempestade. E esta alternância permanece até que o barco chega à sua destinação. Esta destinação é a terra firme, o mundo espiritual, a morada verdadeira do homem. Assim tudo depende da habilidade com que a pessoa consegue dirigir sua vida. Há o capitão treinado, experiente, hábil e, como tal, não deve ficar com medo do perigo; ele dirige bem seu barco através dos elementos e nos períodos de calmaria recupera suas forças para a próxima tempestade. Outro fica nervoso e perde o controle interior ainda quando uma tempestade se prepara. E tem aquele que está com tamanho medo que em seu descontrole nem é capaz de dirigir o barco e não conseguirá nada. Você deve saber que estas nuvens que se formam, os furacões e as tormentas são os testes que a vida nos traz; e o ser humano que já passou por algum ensinamento espiritual, e é um pouco mais sensível, pode detectar muito bem onde seu pequeno barco se encontra num determinado instante"...

"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre. Tal é a Lei."


Querido amigo, Djalma. Amigo de luta, caminhada, persistência,tropeçadas, dedicação e muitos, muitos aprendizados... Ah, nossos amigos!! O que seria de nós sem eles, se é com eles que aprendemos, se é com eles que também nos questionamos e nos descobrimos... Venho por este meio, agradecer-te, as linhas a mim endereçadas, e tentar , transmitir a você um pouquinho do que conseguiste fazer comigo... Agradeço mais uma vez suas palavras, na "autorização" da publicação aqui. Confesso o quanto eu me questionei para isso, por não querer deixar a vaidade crescer ao fazer tal ato. E mais uma vez você me ajudou com suas breves palavras. Pensei e concluí que tal fato não faz parte de mim... E concluí também o quanto preciso caminhar, para que, a cada dia, eu possa me descobrir mais... Então, compartilharei com todos e guardarei eternamente aqui, uma linda mensagem de aniversário, pensando na generosidade e profundidade de suas palavras, me esforçarei, para que um dia, possa eu, alcança-las...
Fique com Deus, e que ele te proteja sempre, nos ares e mares...
Quem poderá imaginar, que algum dia, possa eu aqui voltar, navegar e me encontrar...Quem ?

Lorena Mossa

"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sempre. Tal é a Lei."


Minha Irmãzinha... Lorena.

Na vida existem vários caminhos que devemos seguir... Mas poucos são os verdadeiros que nos leva a seara do Criador Supremo. Mas também é verdade que todos convergem invariavelmente ao aconchego do Mestre Jesus... Uns chegarão mais cedo... Outros mais tarde... Assim como da parábola do trabalhador da última hora. Mas... Todos chegarão... Eu poderia dizer-lhe simplesmente "feliz aniversário"... Mas perderia a grande chance de parabenizála por sua escolha... A de entregar os teus caminhos nas mãos do Mestre Jesus... Com isso você ao invés de ter que fazer infinitas escolhas, deixa que o Mestre lê aponte o caminho seguro a seguir... Neste momento a dor da partida e da saudade costuma registra tanto no coração dos que partem como no coração dos que ficam a renuncia de valores que aprendemos através das amizades que no decorrer do curto espaço de tempo que neste ou naqueles lugares passamos. Mas não importa a distancia percorrida quando deixamos como você deixou em nossos corações a doce saudade de sua partida rumo a mais uma chamada do coração ao lado daquele que também atendeu ao chamado de sua presença onde a Pátria Mãe o enviou e que se faz necessário. Assim como as sementes das flores do campo são levadas para as paragens mais distantes por belos pássaros que também atendem ao chamado da mãe natureza... Você leva a todos os lugares em que para uns parece obrigação, mas para você um chamado do Criador... Seu amor, afeto e carinho aos corações dos mais necessitados...Neste momento onde respondes com "eis me aqui Senhor!", mesmo como o coração apertado, já não é Lorena que responde... É a serva fiel que não procura questionar... Entregando-se fielmente a mais um chamado do PAI. A história também registra uma outra Lorena... Nascida em 1412 na França... Que também ao primeiro chamado largou tudo... Deixando para traz família, sonhos e desconhecendo ainda todo atrativo da juventude, já que tinha apenas 13 primaveras de existência atendeu o chamado como você o fez, dizendo com tu também disseste... Eis me aqui Senhor! Mais conhecida como a "Virgem de Lorena", Joana D'arc foi à mulher mais forte que o mundo já conheceu...Se um dia me perguntarem se conheci Joana D'Arc, responderei que não... Mas... Acrescentarei que tive o prazer de conhecer outra Lorena. A do CEACE, que também atendendo o chamado do Mestre Jesus, levou consolo aos corações oprimidos por débitos do pretérito a todos os lugares deste imenso Brasil. Se hoje não consigo enxergar tua radiosa luz de onde me encontro, não é porque ela brilhe menos... É porque minha pequenez não me deixa ver. Mas o Pai que tudo vê não se furtará em abençoá-la cada vez mais por tuas obras, que em nome D'Ele tu inicias em todas tuas caminhadas... Meu coração sentia muita tristeza a cada desistência do nosso convívio no CEACE... Mas rejubilava-se com a garra e a vitalidade com que cada um respondia o chamado do Mestre Jesus como você o fez. A fé sem obra é morta. E só os que estão verdadeiramente prontos são chamados a caminhar... Tem gente que mesmo parada procura semear ao seu redor... Outras admiram as frutificações que outros semearam... Você minha Irmãzinha é a variação da vontade do Criador... Uma hora você é a própria semente a caminhar... Deslocando-se como uma missionária de Deus, por esse imenso Brasil e quando encontra o objetivo que o Pai lhe designou, passa a semear ao seu redor... Deixando uma trilha de frutificação que até um cego de coração como eu, seria capaz de seguir... As escolhas que fazemos hoje refletem sem sombra de dúvidas em todo nosso amanhã... O meu amanhã?... Não sei dizer... Mas diante do teu, sei que devo trabalhar muito para ter um quase parecido. Que Deus na sua infinita bondade possa lhe proporcionar tudo que o mais profundo sentimento que este que lhe escreve gostaria de lhe escrever... Mas que por falta de palavras deixa a cargo de o Criador lhe proporcionar nesta hora. Embora as palavras me faltem neste momento para expressar-lhe minha gratidão por sua amizade... É com essa mesma gratidão em que recebo o presente de tua existência que lhe desejo FELIZ ANIVERSÁRIO. Já que este dia tão especial e intimo lhe pertence... Mas o presente para os que congregaram com tua doce presença no CEACE em nossa companhia é nosso. Seja mais feliz ainda, minha Irmãzinha... Se é que se possa ser mais feliz do que fazer a vontade do Pai. Ao encerrar esta missiva desejo deixar aqui uma oração pelo teu dia especial de Serva Fiel... "Amado Mestre Jesus..." Que neste dia tão especial de minha Irmãzinha Lorena, possa ela encontra conforto em teu vasto amor incondicional... Que as dores da saudade dos que ela deixou para traz, possa se tornar exemplo a ser seguido e não amarguras a serem remoídas diante da distância. Que tuas acalentadoras mãos possam confortá-la nas chagas e espinhos que os que pensam poder julgar-lhe os feito diante de tantas obras realizadas, possam nessa sagrada hora verem apenas os pequeninos defeitos que todos nós sem exceção praticamos durante nossas caminhadas... Que tua magnânima luz, Senhor... Venha iluminar todos que compartilham com ela dessa mesma jornada... E que ela possa refletir essa mesma luz aos que habitam em seu grandioso coração.Cuida dela Pai Amado... Dando-lhe sustentáculo nas obras que também são tuas. Que os aplauso sejam teus Pai... Mas que as obras sejam de todos. Que ela possa encontrar no aconchego do lar tua doce e suave presença Pai... Falando mais forte diante das adversidades...Da-lhe Pai Celestial a recompensa que deste e dá a todos que ouvindo o chamado lhe respondeste com o "eis me aqui Senhor!"... Guarda o coração da Irmãzinha Pai... Das setas comprometedoras e investidas contra o compromisso assumido quando ainda se encontrava na Espiritualidade... Que as suplicas da Irmãzinha Pai, encontre não somente resposta em teu grandioso amor... Mas que este infinito amor em forma de resposta possa alcançar todos que com ela congrega...Por último Pai Amado... Não lhe peço o cessar das provas para ela... Mas lhe peço que junto com elas, lhe dê também: A FORÇA, A CORAGEM E A FÉ. Fica com DEUS minha Irmãzinha... E que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja sempre contigo. Porque o mais difícil ao contrário do que alguns pensam... Não é aprender a caminhar... É manter-se de pé.
Mais uma vez FELIZ ANIVERSÁRIO.

Do Eterno Irmão e Amigo...
Que sente sua presença ausente em minhas
orações...

Djalma.(24/06/08)


Ocorreu um erro neste gadget

Senhor,médico de nossas almas!

Agradecemos a tua paciência para com nossas limitações.

Agradecemos o ensejo do aprendizado por meio da observação da nossa própria conduta.

E desejosos de prosseguir caminho afora, ao teu lado pedimos-te a proteção para guardarmos este mesmo espírito de renovação,de solidariedade e companherismo.

Aqui e onde mais estivermos, que seja feita a tua vontade... ASSIM SEJA

Quem por aqui passar...

Saiba que :

Em cada letrinha aqui digitada, em cada mensagem, cada foto, cada espaço, cada vídeo, cada música, possui muito, mas muito carinho e dedicação... Algumas linhas são minhas, outras não. Procuro preservar os direitos daqueles que escrevem, informando ao final a devida autoria, outras poderão aparecer sem esta informação. Alguns textos são digitados por mim, outros copiados e colados. Alguns, investigo a fonte e a veracidade, outros não... Mas o que importa neste espaço, é a verdadeira vontade, é o amor, e a reunião de minhas intenções. Poderei passar sempre aqui, ou não... Mas o que importa...é que se por acaso tu passares por aqui, que leves algo importante para ti... E lembrem-se sempre, desta frase , dita por Dalai-Lama:

“O diálogo é fonte de FELICIDADE."

Com Carinho,

Lorena.

NÃO ESTRAGUE O SEU DIA




  • A sua irritação não solucionará problema algum.
  • As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas.
  • Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.
  • O seu mau humor não modifica a vida.
  • A sua dor não impedirá que o Sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus.
  • A sua tristeza não iluminará os caminhos.
  • O seu desânimo não edificará a ninguém.
  • As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade.
  • As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você.
  • Não estrague o seu dia. Aprenda, com a Sabedoria Divina, a desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre para o Infinito Bem.
  • Chico Xavier/André Luiz.

    Agenda Cristã.


    "Força, coragem, determinação e muita fé"

    "Força, coragem, determinação e muita fé"

    Seja seu melhor administrador

    Centro espírita a caminho da Luz - PALESTRAS

    Loading...

    Hammed e Dr Adão Nonato

    Loading...

    Raul Teixeira

    Loading...
    Loading...
    Loading...
    "Em cada um de nós há um segredo, uma passagem interior, com Planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos." (S. Exupery)